Complexo B é o segredo!

Na composição do amendoim podemos encontrar mais de 20 aminoácidos (100g de amendoim fornecem aprox. 28g de proteína), polifenóis, diversos antioxidantes, vitaminas e minerais. Entre as vitaminas destacam-se a Vitamina E, os folatos e as vitaminas do complexo B, em particular a niacina (Vit. B3) e a vitamina B6.

A pasta de amendoim fornece grande quantidade de vitaminas do complexo B, com isso são observados benefícios ao sistema digestivo e ao sistema nervoso. Estará garantida a formação de neurotransmissores sinônimos de bem estar como a serotonina.

As vitaminas do complexo B são as maiores responsáveis pela manutenção da saúde emocional e mental do ser humano. Também podem ser úteis nos casos de depressão e ansiedade. Ajudam a manter a saúde dos nervos, pele, olhos, cabelos, fígado e boca, assim como a tonicidade muscular do aparelho gastrointestinal.

Facilita a digestão e absorção dos hidratos de carbonos, das proteínas e da gordura. No estômago, as vitaminas B estimularão a liberação e controlarão a ação do suco gástrico, ajudando na absorção e digestão dos nutrientes e, dessa forma, aumentarão a eficácia de sua dieta. Se você é um esportista ou praticante de atividades físicas que deseja obter o máximo de benefícios da sua dieta, a suplementação com complexo B é indicada.

A vitaminas encontradas no complexo B

Vitamina B1 – Tiamina: A absorção da tiamina acontece no intestino delgado, onde ela geralmente é liberada conjugada a grupamentos fosfato (Tiamina-difosfato). Após ser hidrolisada pelas enzimas fosfatases, a tiamina livre é capaz de se ligar a receptores específicos e ser internalizada ativamente pelas células entéricas.
Quando em concentração muito alta é possível que elas também entrem passivamente, no entanto em quantidades diárias acima de 5 mg, a eficiência de absorção cai substancialmente.
A maior parte a tiamina é estocada no fígado, mas também há estoques nos músculos, ossos, rins e cérebro. A forma livre da tiamina também pode ser encontrada no plasma sanguíneo. No interior das células a tiamina age como uma coenzima no metabolismo de aminoácidos e glicose que geram ATP para a célula, portanto a tiamina é uma molécula importante para o suprimento energético celular.

Vitamina B3 – Niacina
Presente na levedura de cervejas, em peixes, aves, nas vísceras dos animais e no amendoim, a niacina pode atuar na redução dos níveis do colesterol ruim (LDL) e também nas taxas de triglicerídeos. Ela também é uma importante aliada na luta contra a diabetes.

Vitamina B5 – ácido pantotênico
Ela atua melhorando a saúde da pele e dos cabelos, favorece a cicatrização de feridas e ajuda a controlar o colesterol e os sintomas da artrite reumatoide.

Vitamina B6 – Piridoxina: Como dito anteriormente, o metabolismo da B6 depende da presença de B2. Encontrada no amendoim, gema de ovo, banana, abacate, carnes, fígado, nozes, cereais integrais. “É importante frisar que existe perda da vitamina durante o cozimento, moagem dos grãos, congelamento de vegetais. Pacientes em uso de medicamentos para tratamento da tuberculose, contraceptivo oral e reposição hormonal estão sujeitos a uma menor biodisponibilidade dessa vitamina”, salienta a profissional.

Vitamina B7 – Biotina: Fundamental para o metabolismo do ácido fólico, vitamina B5 (ácido pantotênico) e B12. Encontrada no amendoim, avelã, amêndoa, farelo de aveia, ovo, pão integral e leite integral.

O consumo regular de amendoim traz os seguintes benefícios para a saúde. Para obter esses benefícios, deve-se consumir de uma palma da mão cheia de amendoim ou 1 colher de sopa da pasta de amendoim pura 5 vezes por semana.

Consulte seu nutricionista!